POR ANDERSON P. CLIFFORD: World Bike Tour

Participar em algum evento com os DVs sempre é com emoção.

Já começando pela a ida ao aeroporto.

Nosso amigo Wallace não tinha chegado à rodoviária as 18:30 hs onde estávamos esperando (Anderson, Ailton e Valéria) para ir ao Aeroporto pegar o Voo para SP que partiria as 20:15hs.

Ligamos para o Wallace e o mesmo se encontrava na Ceilandia e não tinha conseguido pegar o ônibus, ou seja, a adrenalina já começou a subir.

Alguns minutos depois o Wallace ligou e nos falou que já estava num ônibus que passaria pelo ?eixo? e combinamos de pegá-lo no final da asa Sul na Polícia Federal.

E o tempo correndo.

Saímos da rodoviária para o novo ponto de encontro.

Chegando lá o Wallace ainda estava passando em Tagua.

?Tic Tac, Tic TAC? e tempo correndo.

Decidimos ir para o Aeroporto e fazer o meu check-in e do Ailton.

Eu iria tentar convencer ao responsável à aguardar um pouco mais o check-in do Wallace enquanto a nobre Valéria ficou de voltar a PF para aguardar o Wallace.

Neste meio termo, a Valéria me liga, dizendo que o Wallace tinha pegado o ônibus errado e estava passando pelo Cruzeiro e que chegaria à Rodoviária.

Faltavam 10 Min para encerrar o Check-in.

Eu tentando negociar com o Responsável para aguardar um pouco mais e não fechar o check-in.

Coração batendo forte!!

Valéria se desdobrando no trânsito no horário de pico para buscar o Wallacer na Rodoviária e voltar para o Aeroporto.

Pressão de um lado e pressão do outro.

O Responsável do check-in estava intransigente dizendo que fecharia o check-in em 4 min caso o Wallace não aparecesse mesmo após alguns minutos de conversa sobre o grau de dificuldade em que os DVs encontram em se locomoverem na cidade, dependendo da boa informação dos outros na rua para se chegar ao destino certo.

Faltando alguns minutos Valéria me liga informando que estava com o Wallace no carro.

?Bastava chegar? da rodoviária até o aeroporto.

Comecei a renegociação no check-in.

Adrenalina já subindo!!!

Consegui que o Responsável tirasse o Check-in para o Wallace dizendo que já estava a caminho.

Mas uma vez o prazo foi renegociado.

Faltando 20 Min para a partida do vôo quando a nossa heroína Valeria chega na rampa do embarque com o Wallace.

Ufa!! Respirei mais aliviado!!!

Corremos para o embargue na aeronave, onde todos já nos aguardavam.

A partir daí foi só recuperar as emoções e chegar a Selva de Pedra onde mais emoções nos aguardariam.

Encontramos no hotel com o Weimar, Renata e Adauto que já tinham ido a frente.

No outro dia fomos para o evento do World Bike Tour 2011.

Um evento muito bem organizado, onde foram feitas 7 mil inscrições, das quais 3 mil inscritos ganharam o kit (uma bike, mochila de hidratação, capacete e camisa do evento).

Weimar, Adauto, Renata e Wallace já estavam inscritos e receberiam 2 tandens e eu e o Ailton íamos na pipoca.

A largada foi na Ponte Estaiada até a USP um percurso de 10 KM apenas.

Um verdadeiro passeio ciclístico com social.

Nossos objetivos eram trazer as Tandens do evento para o Projeto DV na Trilha.

Encontramos e pedalamos um grupo semelhante ao Projeto, chamado GrupoTerra onde eles fazem canoagem, trilha, corrida e rapel com os DVs em SP.

Uma turma muito animada.

No final do percurso o GrupoTerra acabou doando mais uma bike Tandem que eles pedalaram para o Projeto.

Prontamente nós aceitamos.

Colocamos na carroceria da Range do Weimar que viajou para este evento em seu próprio carro para transportar as Tandens de volta para BSB.

Valeu Weimar!!!!!

A organização do evento esta de parabéns pelo tamanho da estrutura que é o World Bike Tour.

A nossa volta não poderia ser diferente.

Sempre com emoção, alegria e descontração.

Sair do Hotel com 3 DVs conduzindo-os em fila indiana ou como se fossem meus seguranças.

Wallace de um lado, Ailton do outro e Adauto na retaguarda ou ao lado deles.

Foi para mim uma emoção em tanto, além da responsabilidade.

Pegar ônibus, metrô, caminhar entre praças para chegar até a uma Estação ou parada de ônibus foi uma situação diferente naquela ?muvuca? das ruas, mesmo sendo feriado.

Caminhar com os 3 dentro do aeroporto também foi muito hilário, pois onde passávamos em fila indiana não tinha como não sermos notados.

Eu puxando o grupo e um segurando o braço do outro com suas bengalas em punho.

Não tinha como não passar como sem ser notados.

Quando atravessamos a faixa numa rua em fila indiana me fez lembrar os ?Beatles? naquela famosa travessia da faixa. Rsrsrs.

Finalmente chegamos a BSB as 19:40hs e recebidos pela Valéria.

Mas ainda a adrenalina não tinha a abaixado.

Adauton e Ailton pilhados sugeriram correr um pouco.

Eu, Adauto, Ailton e é claro que a Valéria topou!!!

Adivinhe onde fomos parar???

Deixamos o Wallace na Parada de ônibus e partimos para o parque da cidade.

Fomos festejar a conquista das Tandens e admirar nossa cidade que é maravilhosa para a prática de esporte.

São Paulo não tem muitas opções para a prática de esporte, apenas em feriados, onde eles fecham as avenidas por algumas horas para manutenção e o povo pratica um pouco de atividade física.

Obrigado a todos do Projeto que participaram e fizeram a coisa acontecer.

E que venham mais condutores e DVs porque estamos aumentando a estrutura para realizar os nossos sonhos e os sonhos deles.

Anderson

Onde nos encontrar

Nos reunimos, quinzenalmente, aos sábados, às 9h no Jardim Botânico de Brasília
SMDB Cj 12 CL - Lago Sul, Brasília - DF, 71680-001

Quando

Contato

Para mais informações: 

Perfil do Facebook 

E-mail: contato@dvnatrilha.com.br

www.dvnatrilha.com.br Copyright © 2012 DV na Trilha. Todos os direitos reservados - Ambiente sujeito a monitoração.

Buscar